segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Maria Coragem

É muito difícil ver alguém partir…
Acompanhar a dor de uma partida é por demais doloroso
Sentir a impotência de nada poder fazer, é o pior de tudo.
A ti Maria Coragem, que és Mulher de Armas
Que calas as tuas dores para dar colo aos outros
Que choras para dentro e sorris para fora
Que largas tudo para DAR e só DAR
A ti Maria Coragem, para quem a “guerra” ainda não acabou
Que a força não te falte
Que o sentimento não se esgote
Que quem está por perto te abrace
Pois são inevitáveis os degraus que ainda faltam
Para, apesar da PERDA,
Sobreviveres em PAZ

19 olás!!:

vsuzano disse...

As Marias sempre têm coragem, sejam Marias Verdes ou Marias Azuis...

Beijos

Oliver Pickwick disse...

Bravo, Olá! Sempre desconfiei da sua quase-eterna irreverência, pelos comentários que faz em meu blog, além de muitos outros em sites de amigos comuns.
Porém, após essa leitura, pude comprovar que as minhas desconfianças sequer desconfiavam da sua versatilidade.
Parabéns por esse belo texto, uma crônica demasiadamente humana, e escrita numa linguagem primorosa.
Beijos!

Whispers in night disse...

Ola, Ola!!

Maria que anda pelas ruas, ou aquela que alimenta o filho, que se deita sem nada ter no estomago, se nao a dor da miseria e fome.
Maria que que luta dia a dia, sao tantas Marias com falta de uma palavra de coragem....sao tantos degraus, uns tao dificeis de subir.
Bonito teu texto bem completo
Menina, esta demais, parabens
beijinhos mil
Whispers

Statler disse...

Mulher!
(gosto delas assim...)




(...)
"Para, apesar DO perda"
(...)

Sunshine disse...

Statler não deixas passar uma...gralha! Para velhote tens os sentidos muito aguçados.
Olá, o texto está excelente.
ainda existem muitas Maria Coragem.
Beijinhos

Seriamente disse...

"Que quem está por perto te abrace"

Um abraço

O Sibarita disse...

Oi menina! Belo texto Dona Maria Coragem! kk

Tá bem escrito!

Obrigado pelas palavras no nosso blog, volte sempre...

bjs
O Sibarita

Zé do Cão disse...

Profundo, profundo. Adorei.
Aproveito para dizer que gostei do comentário de "Sunshine" sobre o "Statler". bem observado.

Blue Velvet disse...

Não sei quem é esta Maria, mas existe de certeza.
Há Marias assim em cada Mulher.
Nem todas são tão primorosamente homenageadas.
Muitos veludinhos para ti

Ps: O Eddie tem um ossinho no meu blog.
Vai lá buscá-lo porque ele não sabe o caminho. Hihihi

Belzebu disse...

Será que não nos cruzamos diariamente com inúmeras Marias Coragem, anónimas e que nos passam despercebidas? Umas partem e outras tomam o seu lugar, pois são elas que dão alguma harmonia aos dias e nos vão permitindo sorrir!

Aquele abraço infernal!

Gisela disse...

A minha homenagem ás grandes Marias coragem.

Abraço
Gi

Hydrargirum disse...

É sempre terrível, não há palavras nem gestos que compensem a perda e uma dor assim:(


Jinhos Olá!!

FM disse...

Já ontem quando li pela primeira vez fiquei agradado com este fantástico texto... Parabéns Olá!
Acrescento que merece como banda sonora o "Maria Vida Fria" do Paulo de Carvalho... com as necessárias reticências.

Bernardo Moura disse...

Gostei bastante!
:)

Olá!! disse...

Esta Maria, é especial… tu sabes Suzano… Beijos

Pois é Oliver, por vezes também choro… raras são as vezes, mas acontece. Beijos

Bom ler-te de novo, Whispers… Marias somos todas nós, umas mais do que outras. Esta de quem falo é uma Maria especial, muito especial… Beijinhos

Obrigada, Statler, pela correcção, não teria dado por ela… beijos

Existem sim, Sunshine, felizmente existem ainda pessoas com sentimentos… Beijinhos

Beijinhos, Sériamente…

Obrigada pela visita Sibarita… Beijos

Sentido, Zé do Cão… Beijos

Obrigada Blue, o Eddie e eu iremos buscar o “ossinho”. Beijinhos

É verdade, Belzebu, tantas Marias Coragem que nos passam despercebidas, mas há que homenagear as que conhecemos… Beijo

Que bom ver-te aqui, querida Gi… tu também és uma Maria Coragem… Beijo muito grande

Todos sentimos com isso, certo Hydra?… e por vezes nem aproveitamos os momentos como deveriamos… Jinhos

Quando escrevi isto, FM, estava focada numa cara, num sorriso, num sentir… sem música… só sentir… Beijinhos

Olá Bernardo, obrigada e beijo para ti

Olá!! disse...

PARA TODOS….
Tomara não ter escrito estas palavras, não porque a MARIA CORAGEM não exista, mas porque sofreu uma perda irreparável…
Por muito que queiramos nem sempre conseguimos abraçar quem amamos, nos momentos que eles mais precisam.
Este foi um pequenino abraço de apoio à dor da minha Maria… muito pequenino mas sentido…

Miudaaa disse...

NA VIDA O QUE CONTA SÃO MESMO, OS MOMENTOS.
MESMO OS MOMENTOS, MENOS BONS, TEMOS DE OS SABER RODEAR DOS BONS MOMENTOS JÁ PASSADOS E VIVIDOS...OU, DE NOVOS MOMENTOS QUE DEVEMOS E QUEREMOS CRIAR.

A TODOS O MEU MUITOOO OBRIGADA, PELO CARINHO, PELA AMIZADE, PELAS PALAVRAS QUE FIZERAM ROLAR, LÁGRIMAS SINCERAS NA MINHA FACE... POR TUDO.

A MINHA MAMÃ CONTINUA A SER O SER QUE MAIS AMO.

Miudaaa disse...

OLÁ,
Há pessoas como tu, que mesmo nao estando fisicamente, ESTÃO-NO.
Tu estiveste todos os momentos, comigo. TODOS. Eu senti-te.
Um Beijo e um Xi, por seres quem és e como és.
miudaaa

Olá!! disse...

Ela é assim... é por isso que amo esta miudaaa...