sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Peide e seja feliz!!! - Capítulo II

Quanto gás uma pessoa normal produz por dia?
- Em média, uma pessoa produz cerca de um litro de gás por dia, distribuído em cerca de 14 peidos diários.
Pode ser difícil para si determinar o volume dos seus peidos diários, mas é possível estimar quantas vezes peida.
Pense nisso como uma pequena experiencia científica: anote tudo que come e conte o número de vezes que peida.
Pode, inclusive, anotar sobre o cheiro deles.
Descobrirá uma relação entre o que come, quanto peida e quanto os seus peidos fedem.
Quanto tempo leva até o peido chegar ao nariz de alguém?
- Isso depende das condições atmosféricas, humidade e velocidade do vento, além da distância entre as pessoas.
Os peidos também se dispersam e a sua potência nauseante diminui com a diluição.
Condições excepcionais existem quando o peido é liberado numa área pequena e fechada, como um elevador, um quarto pequeno ou um carro, porque essas condições limitam a quantidade de diluente possível (ar) e o peido vai permanecer numa concentração perceptível por mais tempo, até que se condense nas paredes.
É verdade que algumas pessoas nunca peidam?
- Não. Se elas estiverem vivas, peidam.
As pessoas podem peidar até mesmo algumas horas depois de mortas.

Peide e seja feliz!!! - Capítulo I

Sendo o flato, pum, traque ou sobejamente conhecido peido um “arejo” natural, vamos com toda a naturalidade responder a algumas perguntas pertinentes…
Para a leitura não se tornar enfadonha, o tema será dividido em alguns capítulos…


O que é o flato? Do que é feito?
- Flato, do latim flatus, significa sopro e é uma composição de gases altamente variável, expelida pelo ânus. É formado por parte do ar que engolimos, que é quase só nitrogênio e dióxido de carbono, pois o organismo absorve o oxigênio e gases resultantes das reações químicas entre ácido estomacal, fluidos intestinais e flora bacteriana. Ou seja, dióxido de carbono, hidrogênio e metano.
O que faz o peido cheirar mal?
- O odor dos peidos vem de pequenas quantidades de sulfeto de hidrogênio (gás sulfídrico) e enxofre livre na mistura. Quanto mais rica em enxofre for a sua dieta, mais desses gases vão ser produzidos pelas bactérias nos seus intestinos e mais os seus peidos vão cheirar mal. Pratos como cebola, couve-flor e ovos são notórios por produzirem peidos fedorentos. Feijão, por exemplo, produz grandes quantidades de peidos não necessariamente malcheirosos.
Porque os peidos fazem barulho?
- Os sons são produzidos pela vibração da abertura anal. O som depende da velocidade da expulsão do gás e de quanto estreita for a abertura dos músculos do esfíncter anal.

Não me olhem assim, eu não tenho culpa...

A pedido de algumas pessoas..... hahaha

quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Modas

Por incrível que pareça essas meninas não andam a mostrar a roupa interior, nãooooo!!!
São a última moda, estas saias, made in Japan e em breve à venda nas melhores lojas dos chineses de todos os países do mundo.
Pintadas à mão … coisa fina, tá????
Quanto ao rafeiro… bem esse ficou como eu, de língua ao lado e cabelos em pé….

Coisas de mulheres...



Quem disse que nós, mulheres, somos problemáticas e gostamos de complicar?
Naaaaaaaaa, as mulheres são perfeitas.
Que interessa se somos gordas ou magras, altas ou baixas, burras como um soco ou sobredotadas???
Na verdade há sempre uma mulher “perfeita” para um homem “perfeito” !!!!!
Já agora, acreditam no Pai Natal?
Não??? Então vou contar uma pequena história…

Era uma vez um homem perfeito que conheceu uma mulher perfeita. Namoraram, casaram-se e formavam um casal perfeito. Na noite de Natal o casal perfeito seguia de automóvel por uma estrada deserta quando avistou alguém na berma que pedia ajuda. Pararam. Era nada mais nada menos que o Pai Natal! O casal perfeito ofereceu-se logo para o ajudar a distribuir os presentes. O bom velhinho entrou no carro e lá foram eles.
Pouco depois, numa curva mais traiçoeira, o automóvel derrapou e deu-se um terrível acidente do qual apenas um dos três ocupantes sobreviveu. Quem: A mulher perfeita, o homem perfeito ou o Pai Natal?
Querem a resposta????
Pois é, eu sou perfeita mas não sou generosa…


Tou nem ai…. Hehe




quarta-feira, 28 de novembro de 2007

Apanhados na manif....


Bom diaaaaaaaaaaa


O nascer do sol é para todos
mas....
só alguns o sentem...

terça-feira, 27 de novembro de 2007

Déja vu

Dura somente umas fracções de segundo, traduz-se por uma estranha impressão de já se ter vivido a cena presente e mesmo saber o que se vai passar em seguida, ainda que a situação que esteja a ser vivida seja inédita.

O déjà vu, ou paramnesia como também é conhecido, tem sido ao longo dos anos objecto das mais díspares tentativas de interpretação, mas para nós, comuns mortais, continua a ser um quebra-cabeças inexplicável.

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Despertar

A névoa matinal está a acordar.
Para além da espuma das ondas que insiste em deixar as suas impressões amareladas na areia, tudo parece parado.
Está frio, as gaivotas amontoam-se na praia e no molhe, lá ao longe, vê-se a silhueta de um pescador.
O primeiro raio de sol incide no vidro suado de um carro ali parado… ouve-se um gemido longo que cala as gaivotas…
Ela sorri, vai estar um dia lindo…


domingo, 25 de novembro de 2007

Quero deixar de fumar

Estava aqui a fumar o meu cigarrito, olhei para ele e disse:
- Vou deixar de ser tua amiga.
Ele ficou “queimado” comigo, avermelhou, deitou fumo pelas orelhas e, obviamente, perguntou porquê?
Grande latosa… pois se queres saber aí vai:
- Deixas-me um cheiro na boca, na roupa e na casa que não se aguenta
- Entopes-me os pulmões
- És um risco para a saúde das pessoas que convivem comigo
- Ainda por cima tens a mania que és caro…
O estafermo, começou a rir-se…
Olha com quem ele se foi meter, amassei-lhe a cabeça no cinzeiro, rosnei um pouco e enquanto ele ainda conseguia respirar, sussurrei-lhe no ouvido
- Esta guerra vou vencer…

Tudo depende da minha força de vontade, ,mas, também, tenho de seguir uma estratégia.
Encontrei um gif que me vai ajudar, sempre que estiver aqui.
Como não acredito em pastilhas, nem adesivos de nicotina vou colar post-its a dizer "Mais 3 euros pro bolso" pela casa toda.
Agradecer aos meus filhos, que tem a mania de me esconder e partir os cigarros, em vez de lhes ralhar.
Vai ser uma batalha complicada, se alguém tiver sugestões agradeço….
Uma coisa é certa, não vou começar a beber para esquecer.... aiiiiiiiiiiiiiiiiii
Afinal sou uma mulher ou um gato???? Haaaaa?????


Encosta-te a mim...



Estava a pensar na qualidade de amigos que fiz ao longo da vida.
Os amigos são essenciais, não só porque nos ouvem, nos dão objectividade, modéstia, riem-se connosco, regram-nos, tornam-nos melhores…
Para ter amigos é preciso carácter, mas, também, temos de aprender a moldar-nos aos seus sentires. Para ter amigos temos de saber dar.
A solidão não é alimento, a introspecção excessiva é jejum…
Para sermos amados e/ou admirados temos de ser modestos mas/e também orgulhosos, mas, acima de tudo, modestos no orgulho…

Não há solidão mais triste do que a do homem sem amizades. A falta de amigos faz com que o mundo pareça um deserto
Francis Bacon

Elogio à vida


sábado, 24 de novembro de 2007

E porque eu sou assim...


http://mariabiju.blogspot.com/ - Este é o blog da Maria Poeiras (Bijuterias da Maria)

A Maria tem uma história para nos contar, uma daquelas histórias que acho que todos devemos ler.

Parabéns Maria


sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Quanto valemos????

Quanto vale a paz de espírito?
Quanto vale uma consciência tranquila?


O mais recente levantamento do Banco Mundial diz que 54,7 por cento da humanidade vive em estado de miséria ou pobreza extrema. Acaso sabemos o que significa passar fome?
E o que significa enfrentar a incerteza sobre se vamos ter com que nos alimentar?
E a incerteza quanto ao facto se conseguiremos sobreviver por mais um dia sem ter com que nos alimentar...
Vivemos num lastimável mundo de vergonhosos contrastes...Um mundo capaz de deixar os necessitados à mercê da própria sorte...
Um mundo que muito pouco, quase nada, faz...
...para espantar o abutre, que pacientemente espera.O que será que a menina, privada de quase tudo, responderá no dia em que lhe for dirigida a seguinte pergunta... : ...“Acaso encontraste neste vasto mundo alguém disposto a tentar amenizar a tua dor?”
Um outro mundo é possível.

Mesmo diante da caótica situação geral, - da roubalheira, e do crescente sentimento de individualismo que impera ...
...contribua você com a sua parcela para aliviar o sofrimento daqueles destituídos de quase tudo.

Cultive o sentimento de humanidade
“ Para a nossa avareza, o muito é pouco;
para a nossa necessidade, o pouco é muito. ”
- Séneca

A vida não pára...

Por vezes olhamos para a” estrada” à nossa frente e parece-nos incrivelmente difícil fazer aquele percurso, claro que arranjamos logo uma série de argumentos para não o fazer, todos eles fruto da insegurança e do medo do desconhecido.
Mas quando chega a hora, enchemos o peito de ar, enfiamos a capa de guerreiros, pés ao caminho, lá vamos nós, afastando silvados e tropeçando nalgumas pedras. O objectivo é atingir aquele ponto no horizonte onde pensamos estar aquilo que procuramos, o refúgio que tantos ansiamos. A estrada é montanhosa, atingido o vale temos de começar a subida e não podemos deixar-nos baralhar nas encruzilhadas porque é obrigatório chegar lá acima

Chegamos, mais uma vitória na vida, mais uma etapa vencida e conseguimos, também, mais uma “estrada” para percorrer….Sim, porque o horizonte movesse, a vida não pára, as “estradas” vão aumentando e nem sempre são alcatroadas mas temos de fazer o nosso trajecto de forma segura, com firmeza, contando os passos que demos e não os kms que faltam percorrer….
São viagens de vida que muitas vezes fazemos sozinhos, outras dando boleia a alguém e que acima de tudo agradecemos a quem nos acompanha.

O padre passou-se....

No que me fui meter com o post anterior.... a julgar pela atitude deste padre imagino que os próximos posts da Olá!! serão feitos do hospital hehe



Santinhos!!!

Um destes dias pus-me a arrumar gavetas, encontrei um missal e uma colecção de santinhos!!! O meu cérebro deu um pulo e abriu o arquivo morto da minha educação religiosa.
Primeira comunhão com ensinamentos da D. Arminda, fazíamos ensaios da dita cuja com bolachas, uma delicia.
Segunda comunhão, parecia uma noiva, vá lá que alguém me ofereceu um relógio de ponteiros luminosos….
A minha Mãe com os 5 filhos em fila, todos enfarpelados, para ir à missa de Domingo, enquanto o Pai lia o jornal no café mais próximo. Mania dos sapatos a apertar os dedos… Ajoelha, senta, levanta, mexe as mãos, faz de conta que sabes as orações, faz qualquer coisa…mas tira o dedo do nariz…
Um dia, teria eu 7anos, o padre perguntou-me:
- Então filhinha (seria ele um daqueles? Sabem? Aqueles---) que parte mais gostas da missa?
- De ir embora, foi a minha resposta, completamente amuada.
Hoje em dia as coisas são diferentes, já há missa na TV (coisa que raramente vejo), há padres assumidamente pedófilos, corruptos, a viver maritalmente com a “irmã” ou “empregada”, mas, também, quase já não há padres….
Enfim, não interessa, cada um reza as orações que mais lhe agrada, a minha dúvida é saber o que raio faço com os santinhos????
Lembrei-me de os oferecer de prenda de Natal a quem mos deu… acho que iam gostar!!



Diário de um Padre
Eu estava tão nervoso na minha primeira missa, que no sermão não conseguia falar.
Antes da segunda missa, dirigi-me ao Bispo perguntei como devia fazer para relaxar.
Este, por sua vez, recomendou-me o seguinte:
- Coloque umas gotinhas de vodka na água, vai ver que da próxima vez estará mais relaxado.
No Domingo seguinte, apliquei a sugestão do meu Bispo, e estava tão relaxado, que podia falar alto até no meio de uma tempestade, tão descontraído que estava.
Ao regressar a casa, encontro um bilhete do meu Bispo, que dizia o seguinte:
“Caro Padreco:
1º - Da próxima vez, coloque umas gotas de VODKA na água e não umas gotas de água na VODKA;
2º - Não há necessidade de por limão e sal na borda do cálice;
3º - O missal não é, nem deverá ser usado, como apoio para o copo;
4º - Aquela casinha ao lado do Altar é o confessionário e não o WC;
5º - Evite apoiar-se na imagem de Nossa Senhora, e muito menos abraçá-la e beijá-la;
6º - Os mandamentos são 10 e não 12;
7º - 12 são os apóstolos, e nenhum deles era anão;
8º - Não nos devemos referir o nosso Salvador e seus apóstolos como 'JC & Companhia;
9º - Não deverá referir-se a Judas como “filho da puta”;
10º- Não deverá tratar o Papa por “O Padrinho”;
11º- Judas não enforcou Jesus, e Bin Laden não tem nada a ver com esta história;
12º- A água Benta é para benzer e não para refrescar a nuca;
13º- Nunca reze a missa sentado nas escadas do Altar;
14º- Quando se ajoelhar, não utilize a Bíblia como apoio ao joelho;
15º- Utiliza-se o termo ámen e não “ó meu”;
16º- As hóstias devem ser distribuídas pelos fiéis. Não devem ser usadas como aperitivo antes do vinho;
17º- Procure usar roupas debaixo da Batina, e evite abanar-se quando estiver com calor;
18º- Os pecadores vão para o inferno e não para “a puta que os pariu”;
19º- A iniciativa de chamar os fiéis para dançar foi plausível, mas fazer um “comboio” pela igreja... ??
20º- Não deve sugerir que se escreva na porta da Igreja HOSTIA BAR.
P.S.: Aquele que estava sentado no canto do Altar ao qual se referiu como “paneleiro travesti de saias” era eu!!...
Espero que estas suas falhas sejam corrigidas no próximo Domingo.
O Bispo"

quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Hoje é assim...

Também tenho direito, ou não????
Hoje é dia de passear pelos "alheios"... me aguardem

quarta-feira, 21 de novembro de 2007

A importância de um abraço

Há muitas pessoas que nunca deram nem receberam um ABRAÇO.
Abraçar faz parte do nosso crescimento emocional, dá força, tira receios, conforta, aquece, transmite amizade, amor e tantas outras emoções.
É bom sentir o calor de um abraço.
Aqui há dias passeava por uma rua do Porto e de repente vejo uma rapariga a correr na minha direcção, confesso que hesitei mas ela queria, imaginem, dar-me um abraço…
Tratava-se de uma campanha “Abraços de borla” e a reacção das pessoas foi surpreendente, fiquei ali uns minutos a apreciar e claro acabei por dar uns abraços extra…
Mas há mais, nos tempos que correm podemos estar confortavelmente sentados na nossa sala e abraçar os nossos amigos mais distantes. É claro que a sensação não é a do VERDADEIRO ABRAÇO mas por estas pequenas/grandes invenções se vê o valor atribuído a cada coisa. Vão lá dar uma olhada...




Não se esqueçam de clicar no link (VERDADEIRO ABRAÇO) e já agora sintam o meu

B.R.A.I.N.S.

Mistério do quarto 311 (parece anedota mas não é!) ...

Assim vai a saúde em Portugal ...
Se não fosse trágico seria para rir...
Só cá nesta terra, mesmo!
O mistério do quarto 311 do Hospital D. Pedro em Aveiro (facto verídico).
Durante alguns meses acreditou-se que o quarto 311, do hospital Dom Pedro em Aveiro, tinha uma maldição.
Todas as sextas-feiras de manhã, os enfermeiros descobriam um paciente morto neste quarto da unidade de cuidados intensivos.
Claro que os pacientes tinham sido alvo de tratamentosde risco mas, no entanto, já se não encontravam em perigo de morte.
A equipa médica, perplexa, pensou que existisse alguma contaminação bacteriológica no ar do quarto.
Alertadas pelos familiares das vítimas, as autoridades conduziram um inquérito.
Os utentes do 311 continuaram, no entanto, a morrer a um ritmo semanal e sempre à sexta-feira.
Por fim, foi colocada uma câmara no quarto e o mistério resolveu-se:
Todas as sextas-feiras de manhã, pelas 6 horas, a mulher da limpeza desligava o ventilador do doente para ligar o aspirador!!!
O cérebro é uma coisa maravilhosa.

Todos deveriam ter um!!!

terça-feira, 20 de novembro de 2007

Haja Paciência...e acima de tudo Humor

Há coisas que me transcendem.
Ter um blog exige disponibilidade, força de vontade, criatividade e mais alguns atributos todos eles saudáveis, mas também exige uma grande dose de pachorra.
Hoje nas minhas visitas pelos blogs, reparei que andam por ai uns pretensos cibernautas, cheios de pátua mas cobertos pelo anonimato ou, pior ainda, como muitos blogs não aceitam comentários anónimos, dão-se ao luxo de criar um endereço para poderem dar a mordida (para mim são ainda mais anónimos).
As criticas são inevitáveis afinal estamos expostos a isso e nem todos gostam do que escrevemos mas sejam uns “anónimos” construtivos e se acham que conseguem fazer melhor, mãos à obra…

Tenho dito… dahhhhhhhhhhh


Já agora e para aproveitar a minha vinda aqui vou continuar a falar de coisas pindéricas.
Ser “GATA” tem que se lhe diga…
É um trabalho árduo que tem de ser iniciado na mais tenra idade.
Os adereços, trejeitos e poses têm de ser estudados com minúcia.
Mas como podem ver pelas fotos, vale a pena…

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Sinto-me completa

Sou uma mulher com sorte, estou rodeada por pessoas especiais que me mimam com carinhos que nunca poderia imaginar.
Hoje, um dos meus amigos brindou-me com uma música, não uma daquelas músicas que vamos copiar a sites na Internet, mas uma musica dedilhada por ele, sentida por ele, colorida por ele…
Uma musica que eu senti, colori e me comoveu …
Que o nosso “azul” seja eterno
Obrigada Joa

As chuvas da nossa vida...

E foi assim que cheguei aqui, encharcada até aos ossos, mas algumas "agressões" da natureza sabem-me bem, acalmam e lavam aquela "alma" que alguns insistem em dizer que tenho...

Uma coisa é certa, não uso guarda-chuva nem qualquer outro tipo de armadura para evitar as "tempestades".
Pela minha pele deslizam as gotas de água, raramente entranham, mas algumas vezes acumulam e teimam em sair por dois pequenos orifícios.
É nessas alturas que encosto a cabeça no vidro, olho a paisagem e finjo que chove lá fora...


sábado, 17 de novembro de 2007

Árvores...

É preciso estar podre de bêbado ou ter muita habilidade para estacionar aqui.
Ainda bem que existem os Smart...
Mas isso também não interessa... Não quero perder tempo a estacionar, muito menos a pensar em bebedeiras...
Para mim uma árvore é perfeita para outros efeitos, tais como:Partilhar a árvore, claro, estavam a pensar o quê?
Deitar na sombra da árvore a ler um livro, ou simplesmente olhar as nuvens...
Ver o colorido das folhas do Outono, os frutos, as flores ...
Árvores nuas, semi-cobertas, frondosas...
E de repente aquele passarinho que pousa no ramo, nos faz tirar o ipod e ouvir os sons da natureza...

Juro que não bebi...


terça-feira, 13 de novembro de 2007

Esculpindo



Responde a ti mesmo:
Qual a mensagem que esta foto transmite?
Sem muito esforço perceberás que a nossa vida é construída, “entalhada” no dia a dia.
Estamos sempre “a esculpir” a nossa história, às vezes o martelo escapa e faz mossa...
Mas um novo ser pode nascer a cada instante... se assim o permitirmos e desejarmos.
Todos os dias temos uma nova manhã e essa manhã não tem nada haver com a manhã de ontem. Afinal, a manhã de ontem já não tem mais nada de novo...
O tempo segue o seu curso enquanto tu vais criando marcas para justificar a tua história!

“O tempo não pára e, no entanto, ele envelhece.”

O tempo é o produto mais perecível que existe.
Por isso, actua!!!
Use a tua energia para agir bem.
Usa todos os canais de percepção para contemplar o belo, o bom!
Tu tens todos os próximos momentos à tua frente.
Preenche o tempo com significado e sentimentos especiais.
Exterioriza a tua alegria de viver e não fiques travando a vida com as tuas preocupações, amarguras e outros bichos...
Nunca percas tempo a pensar nas coisas que não queres que aconteçam.

segunda-feira, 12 de novembro de 2007

Mais vale um pássaro na mão...

Por vezes o dedo escorrega para o delete mas a cabeça fica no refresh…
Quando isso acontece as hipóteses de retorno são muitas vezes irreparáveis e o delete definitivo. Já andava aqui há uns meses a tentar passar algumas ideias para o papel, muitas vezes perguntando a mim mesma “porquê?”, “para quem?”.
Pois é para mim mesmo que o faço e para algumas pessoas que, sei lá porquê, gostam de algumas coisas que escrevo.
Algumas das coisas que escrevi foram recuperadas, outras irão ficar na memória de quem as sentiu e outras ficarão no éter.

quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Gatices do dia a dia

Hummm já é de tarde... os dias passam a correr.

Hoje acordei bem disposta, estiquei-me tipo "gata", dei duas arranhadelas no "gato" que estava ao meu lado e fui acordar os "gatinhos"...
Um acordou rapidinho, arranjou-se, deu duas cambalhotas e correu para a escola...
O outro está ranhozito, sim porque os "gatos" também têm gripe. A mãe "gata" deu uns mimos extra, afinal que mãe não cuida das suas crias???
Também temos uma "gata" brava cá em casa, uiii que trabalheira que ela dá, mia dia e noite mas como está velhota dá-mos o devido desconto.
Começa a correria para as "trabalhices" do dia, todos iguais mas com pequenas nuances, umas mais agradáveis outras menos.
Hehe o "gato" lá teve de sujar as mãos, acho que o cão do vizinho largou pregos em vez de águas no pneu do nosso carro... Aproveitei a hora da sesta (espanholices) para vir até aqui relaxar um bocado, coisas de "gatos"Quer chova, quer faça sol e aproveitando todos os momentos aprazíveis , à noite voltamos a casa e os dias vão passando deixando sombras da nossa presença na vida.