quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

É ridículo...


Em conversas tidas recentemente, ao ler os vossos blogs, ao pensar comigo mesma, ouço, leio e sinto que cada vez mais as pessoas estão apáticas e revoltadas em relação ao Natal, ao consumismo inerente, ao exagero de enfeites, à abundância de comida e ao pouco sentimento que se lhe atribui.
No entanto continuamos, aqui e ali, a abraçar, a enviar postais, mails e sms com votos de Boas Festas.
Atirem-me pedras se estou a errada, mas não estaremos a ser hipócritas?
Podia até dizer que me sinto compensada e menos hipócrita perante a alegria dos pequenotes, que ainda são inocentes ao ponto de acreditar no Pai Natal, mas ficou-me a frase de um familiar que olhava a quantidade de pacotes que se amontoava à frente de cada criança:
- “ISTO É RIDICULO”.
É mesmo e eu contribuí para isso.
Hoje acordei assim, com vontade de não fazer nada, ainda empanturrada do jantar de família de ontem. Sentei-me na sala e reparei que nem o vulgo pinheiro de Natal está presente, mas o fogão de sala está aceso, reina a harmonia e não vejo doces nem perus pelos arredores.

Agora que desabafei e me sinto melhor, vou comer uns camarões com míscaros, beber uns copos de vinho de uma garrafa enviada pelo meu amigo e, se sobreviver (à comida claro), continuarei a visita pelos vossos “sítios”.

22 olás!!:

Paulo Tomás Neves disse...

Pedras não!
:-)
Nem tudo será contraditório. Achar que o Natal está consumista é geral, até pela pipa de massa que custa (quem diz que o Natal é só um dia é porque não compra prendas a crédito). Mas desejar Boas Festas, presencialmente ou não, tem pouco a ver com o consumismo e mais a ver com o pretexto que a quadra nos dá para desejarmos felicidades aos que guardamos no peito.
A propósito, tem umas Boas Festas :-)

Coragem disse...

Primeiro que tudo quero te desejar continuação de boas festas, quanto a isto, não acho ridiculo, é um acto genuino e faço-o por quem nutro estima.
Agora em relação a presentes, pois este ano, não! Não houve nada para ninguém, as pequenas lembranças foram ecebidas antes do dia.
Tem sido ridiculo o presentear, este ano disse, basta!

Beijinho coisinha, espero que esteja tdo bem. Qando menos esperares, entro pelo teu "salta a tampa" dentro ehehehe

Si disse...

Olá!
O exageros são sempre cometidos, e mais até pelos que muitas vezes não o podem fazer. Mas é sempre complicado não dar nada, mesmo que seja algo insignificante, àqueles de quem mais gostamos e com quem partilhamos esta noite especial. E porque são as crianças que a vivem mais intensamente, os adultos acabam por ceder a apelos demasiado fortes para a compra de coisas a que os mais pequenos, no meio de tanta fartura, acabam por não dar valor.
Se concordo com isto? Claro que não, até porque as 'minhas' crianças já são crescidas e nunca foram habituadas a exageros nem luxos, mas lembro-me de que eram as prendas que me davam mais gozo dar. Portanto, valha-nos essa humildade de reconhecer o erro e tentar refrear os impulsos para o próximo ano, ou então aproveitar o pouco que dura esta fase neles e no Natal - e apenas no Natal - exagerar um pouquinho...

Rafeiro Perfumado disse...

(apontando)
Pára quieta, jove, como é que te consigo acertar?

Beijo e boas festas, sem hipocrisia mas com consciência crítica em relação aos excessos desta época!

Mariana disse...

concordo consigo.as pessoas ja so desejam boas festas so por desejar.sem sentimento.mas nem todos somos assim.gostei do blogue

convido todos a visitarem o meu blogue

bj

Sam disse...

comi e bebi tanto que os meus rins deixaram de funcionar. Chamei de forreta à minha mãe por me dar outra camisola e ao meu pai pelo já repetente kit da nivea. Sou assim...não tenho espirito nenhum Natalício....mas cobro prendas. Se dou boas prendas têm de me dar boas tb!
chamem-lhe o que quiserem!
lol
beijo doce!

Fatima disse...

Gosto do Natal, da reunião da família, da alegria e da magia. Quanto a prendas.... está instituído em toda a família, que só até aos 12 têm lembranças.
Falei em lembranças não prendas.
Sempre vem uma daqui outra d'acolá, mas nada do que por aí se vê.

Tá-se bem! disse...

Hermanita, com muita pena te informo que eu não cometo exageros.. simplesmente porque odeio estragar comida... seja no Natal ou em qualquer outro dia come-se com normalidade ou alarvidade habitual o que implica não deitar nada fora ;D

Continuação de Boas Festassss Hermanita cuidado com os doces e os fritos! :p

Besossssss calóricos :)

kakauzinha disse...

Tudo depende de como cada um celebra esta quadra que é, sem dúvida, o nascimento de Cristo para muitos e a festa da família.

Eu celebro com as minhas duas filhas o nascimento de Cristo e da minha pequena duende, com parcimónia nos presentes e na mesa e os mimos devidos ao aniversário da Maria Francisca. E nenhum de nós se esqueceu de dar um pouco do que temos aos que são menos afortunados, não só agora como durante todo o ano. Perfeitos? Não. Apenas conscientes.

Beijinhos e Feliz 2009 :))**

Pintinho disse...

Tens toda a razão!

De qualquer forma Feliz Ano Novo.


Beijoca

Gata Verde disse...

Agora bora lá pensar na borga do fim de ano!!!

Feliz 2009

LeniB disse...

Agora que já passou a euforia das prendas e de tudo o resto, como estás?
Devíamos era cada vez mais sermos consumidores de amizade...que achas?
bjs e bom resto de ano

LeniB disse...

Agora que já passou a euforia das prendas e de tudo o resto, como estás?
Devíamos era cada vez mais sermos consumidores de amizade...que achas?
bjs e bom resto de ano

Sónia Pessoa disse...

Passa no meu cantinho, tem lá um mimo para ti... e que nada tem a ver com o Natal!rss

pensamentosametro disse...

O Natal é hoje aquilo que cada um de nós fez dele.

Bjos, um bom ano.


Tita

Sandra. disse...

:))

tumem axo isso, mas sabes duma cena? pa mim é a mema m3rda q o ppl use ó naum dipócrisia, reajo sempre da mesma forma, o Natal é o Natal, é tão importante o q sentimos :)

besuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus

sonia disse...

Olà olà!!!!

Olha linda, com a crise que hà, nos limitamos os estragos: UMA prenda apenas (e que fez provavelmente mais prazer que se tivessem sido milhares lol), poucas pessoas (apenas os meus pais e o meu irmão)com paz e harmonia! Tentei não abusar muito, mas fiquei empaturrada até mais não black!
E o mais importante: deixar de ligar a quem não merece e não gastar as energias com mesquinhices!

Que a tua passagem de ano corra bem!!!
Beijinhos grandes

mateo disse...

É verdade!
Eu sou um pouco hipócrita! Talvez até muito... Falta-me um metro!
E se fosse só essa a minha única contradição...
Beijos.

Sam disse...

Boa passagem de dois mil e tal pra dois mil e coiso e tal!
Beijo doce em Ti!

Si disse...

Desejos de um Feliz Ano Novo e que tudo de bom se realize em 2009.
Beijinhos

P.S. Um dos projectos que tenho para 2009 é, qualquer dia, fazer uma visita incógnita ao 'Salta a Tampa', assim tipo avaliadora de estrelas Michelin....rsrsrsrs

Fatima disse...

Vim desejar-te um 2009 chio de saúde, paz, amor e muito trabalho!

joana disse...

Comadre venho aqui desejar que entres o 2009 em grande,e este novo ano que esta ai a porta que te traga muita coisa boa muitos sorrisos e acima de tudo,que realizes os teus sonhos.
Beijo enorme para voces